FONE (11) 5583.0228 Deixe seus dados que ligaremos para sua empresa. Conheça os detalhes dos módulos do Sistema de Gestão Empresarial. Softlogic - Simplicidade e Inteligência

Quando devo implantar um sistema integrado de gestão?

Mesmo sem conhecer as necessidades do negócio, a resposta é já. Se seu negócio ainda não opera com sistemas integrados, certamente pode estar deixando escapar muitas oportunidades.

Para entender o que está perdendo, é necessário saber porque é importante ter um Sistema Integrado de Gestão Empresarial (ERP).

Existem vários fundamentos que justificam a necessidade, mas 4 são os mais importantes:

1º. Ter ferramentas para operacionalizar as atividades da empresa.
  Este é o fundamento básico e mais facilmente percebido. Todos precisam controlar os estoques, emitir nota ou cupom fiscal, registrar vendas, efetuar compras, planejar a produção, acompanhar o fluxo de caixa, etc. Este princípio é a porta de entrada para a informatização. Por ser o mais óbvio, faz com que a maioria das empresas o elejam como sendo o único quando buscam alternativas no mercado.
2º. Guardar as informações para serem consultadas.
  A operação de qualquer software se caracteriza, basicamente, pelo registro contínuo de informações em seus arquivos. Isto quer dizer que a informatização tem como objetivo guardar tudo o que aconteceu em todas as atividades da empresa. Ficam guardadas todas as necessidades, atendidas ou não, dos clientes; as ofertas conseguidas com os fornecedores; os produtos que foram mais, ou menos, comercializados, os que renderam mais ou menos, os que deram lucro, prejuízos, etc. É a própria história de como a empresa chegou onde está. Embora muitas pessoas tenham sido envolvidas na criação dessas informações, ela é um patrimônio da empresa e, por isso, deve ser armazenada, garantindo que a história, o know-how e as operações passadas estejam sempre acessíveis, mesmo que os colaboradores tenha sido trocados.
3º. Utilizar as informações para analisar os resultados, avaliar tendências e tomar decisões.
  Um sistema bem construído permite ao gestor receber ou ter acesso a informações relevantes sobre as operações, resultados obtidos, pendências, comportamento dos clientes, tendências do mercado; enfim, sobre tudo o que é manipulado e armazenado no software. Essas informações relevantes podem ser usadas dinamicamente para a tomada contínua das decisões, permitindo corrigir desvios e aproveitar as oportunidades mais rapidamente.
4º. Gerar novas oportunidades.
  Este talvez seja o fundamento menos percebido e utilizado. Requer que a empresa usuária tenha um elevado grau de maturidade de gestão e, o fornecedor do sofware, capacidade tecnológica para atender esse quesito. Imagine não precisar esperar o cliente vir comprar, já saber o que ele precisa e quando deseja, saber a tempo que não poderá atendê-lo e ter condições de corrigir isso. A informatização tem ferramentas para estudar inúmeras variáveis comportamentais dos clientes, simular melhorias nos processos e projetar novos cenários. Com elas, a empresa pode ampliar o leque de serviços e produtos que oferta para os clientes, trocar processos para aumentar a produtividade ou reduzir custos e, até mesmo, identificar novos mercados.

Além desses fundamentos, que já justificam a necessidade, um sistema integrado ainda é responsável por dois importantes instrumentos no gerenciamento da empresa:

1º. Estabelece um modelo de organização e relacionamento entre as áreas, as atividades e os colaboradores da empresa.
  Ao implantar um sistema integrado de gestão, a empresa vai adotar um padrão para seus processos operacionais, gerenciais, para a maneira como atende os clientes, como efetua as compras, faz os pagamentos e, ainda, como será o relacionamento entre as pessoas e as diversas áreas.
2º. Estabelece um sistema de segurança e rastreabilidade das informações.
  A informatização permite, também, definir e limitar as permissões de cada usuário, garatindo acesso apenas a recursos e atividades que ele esteja treinado e apto a exercer. Também serve para preservar informações, manter sigilo e rastrear a ação de cada usuário, detectando falhas e prevenindo ações inadequadas por parte do colaborador.

Dessa forma, pensar em integrar as atividades através de um sistema de gestão é, praticamente, pensar como a empresa vai se organizar para atender seus clientes, fornecedores, funcionários e gestores. Todos eles precisam ter suas necessidades atendidas para que a empresa se torne eficiente e, principalmente, ágil.

Um software de gestão deve dar à empresa agilidade e consistência entre seus diversos processos. Com isso, se tornará eficiente, lucrativa e atenderá bem seus clientes. O crescimento depende basicamente disso.

Informatizar é pensar no negócio como um todo e não somente no software em questão.

 

Sobre o autor:

J. R. Cesário
Consultor com mais de 30 anos de experiência em implantação de ERP


Artigos relacionados:
Cuidados que devo tomar ao informatizar minha empresa
Todos os sistemas parecem iguais. São realmente iguais?
É viável implantar um sistema provisório por algum tempo?
Qual o melhor método para escolher um fornecedor de software?
Por que algumas empresas nunca terão um bom software de gestão

 
Soluções para empresas
Área Operacional
Nota fiscal eletrônica
Vendas e serviços
Controle de produção
Controle de locação de bens
Estoque e compras
Controle financeiro
Informações gerenciais
Área administrativa
Folha de pagamento
Contabilidade
Ativo Fixo
Escrituração fiscal
SPED fiscal
SPED contribuições
SPED contábil
SPED Fcont
A Softlogic
Softlogic (desde 1988)
O que falam nossos clientes
 
Contato
Contato com vendas
Peça para ligar para você
 
Solicitar orçamentos
Orçamento para empresa
 
 
 
Representantes regionais
Cadastrar representante
 
Guia prático de compra ERP
Ver e baixar o guia
 
Vídeos e palestras
Palestra sobre SPED Fiscal
Palestra sobre IFRS
 
Vídeos sobre sistemas
Emissão de NFe
Acesso remoto
Permitir acesso para o suporte técnico operar o computador do cliente